stainless steel

stainless steel

Soldagem TIG - Aços Inoxidáveis

1d ago
SOURCE  

Description

Estudo realizado no Centro de Soldagem - INSPE///BRAS por graduandos em Engenharia Mecânica da UNISANTA. Quantificação da sensitização de aços inoxidáveis austeníticos AISI 304 e AISI 304L, visando determinar as implicações na troca de um aço por outro durante operações de soldagem. Soldas em chapas de referência estão sendo feitas para permitir a quantificação dos possíveis efeitos da troca destes aços em termos de sensitização e consequentemente na longevidade no uso destes materiais. O aço AISI 304 é um aço liga não-magnético, contendo tipicamente 18% de cromo e 8% de níquel (sendo também conhecido como Inox 18-8) e contendo baixo teor de carbono. É o mais empregado na prática, por ser uma ótima combinação de excelente resistência à corrosão e custo não muito elevado, cabendo, por isso, a esse tipo de aço, cerca de 50% de todas as aplicações de aços inoxidáveis em geral. É o material normalmente empregado na industria alimentícia e farmacêutica. A sensitização dos aços inoxidáveis ocorre pela formação de carbonetos complexos de cromo, devido à combinação do cromo com o carbono do aço, que se dá entre as temperaturas de 450°C a 850°C. Assim a sensitização é tanto mais intensa e tanto mais rápida quanto maior for a quantidade de carbono no aço, ou quanto mais tempo o metal ficar na temperatura crítica. A sensitização não é um fenômeno enxergado a olho nu, mas torna o aço sujeito à corrosão intergranular, a qual acontece principalmente nos meios ácidos.