paul jones

paul jones

Led Zeppelin - Kashmir Legendado

1d ago
SOURCE  

Description

Kashmir (Caxemira, em português) é uma região paradisíaca e montanhosa no noroeste da Índia, cujo as terras estão em eterna disputa entre Índia, China e Paquistão. Abaixo um link com algumas fotos do local: http://www.tripadvisor.com.br/LocationPhotos-g297622-w1-Kashmir_Jammu_and_Kashmir.html#40496663 Segundo Robert Plant em entrevista para a revista Rolling Stone, ele escreveu a música Kashmir enquanto estava no deserto do Saara no Marrocos. Inicialmente, a música se chamaria "Driving to Kashmir" (Dirigindo para Kashmir). Para mim, isso diz muita coisa (praticamente tudo) sobre o significado da letra. A música parece se tratar de alguém que já esteve no "paraíso", mas que saiu de lá, agora deseja retornar, mas está com dificuldades para encontrar o caminho de volta. Penso que este alguém é Robert Plant, que já esteve em Kashmir e pretende visitar a região mais uma vez, mas dessa vez optou por conhecer o deserto primeiro. Talvez ele e quem mais estivesse com ele tenha se perdido no deserto, mas eu acho mais provável que o trajeto apenas se mostrou mais longo do que o Plant esperava, então ele começou a se perguntar se não acabaria nunca, se morreria naquele lugar desolado. No começo da música, Plant descreve o paraíso onde já esteve chamado Kashmir, com lindas paisagens, com seus sábios e gentis anciãos, a língua melodiosa e graciosa que se fala lá, um lugar onde ele sente que pode voar. Depois ele começa a descrever as dificuldades do deserto, enquanto busca novamente o caminho para Kashmir. O sol quente, areia nos olhos, paisagem devastada. No final ele parece dizer que esta é uma viagem que ele faz quando está se sentindo deprimido, para renovar as energias. Os milhares de "Baby" na letra talvez se refiram a esposa, tentando convencê-la a fazer a viagem com ele. Tradução (com as alterações na letra apresentadas no vídeo): - Oh deixe o sol bater no meu rosto - Com estrelas para preencher meu sonho - Eu sou um viajante de ambos, tempo e espaço - Para estar onde eu estive - Para sentar com anciões de uma raça gentil - Este mundo raramente viu - Eles falam de dias para os quais eles sentam e esperam - Tudo será revelado - Conversa e canto de línguas melodiosas - Cujos sons acariciam meu ouvido - Mas nem uma palavra que ouvi posso contar - A história foi bem clara - Baby, baby, eu estive voando - Não há como negar - Sweet baby - Não há como negar - Meu doce, meu doce, meu doce - Eu estive voando - Bem, aqui é onde posso fazer isso, yeah - Tudo que vejo - Se torna marrom - Conforme o sol - Queima o solo - E meus olhos - Se enchem de areia - Enquanto eu examino - Essa terra devastada - Tentando encontrar, sim - Tentando encontrar agora - Onde eu estive - Oh piloto da tempestade que não deixa rastros - Como pensamentos dentro de um sonho - Quem escondeu o caminho que me conduziu àquele lugar? - Do deserto riacho amarelo - Meu paraíso sob a lua de verão - Eu retornarei - Certo como a poeira que voa alto em junho - Quando passa por Kashmir - Oh pai dos quatro ventos, encha minhas velas - Através do mar dos anos - Sem nenhuma provisão, exceto um rosto à mostra - Ao longo dos caminhos do medo - Quando eu estou, baby - Quando estou em minha jornada, sim - Quando eu vejo, baby - Quando eu vejo o caminho você fica, sim - Quando estou afundado - Quando estou para baixo - Sim baby - Sim minha querida - Deixe-me te levar lá - Eu posso te levar lá - Você sabe, você sabe, você sabe... Música: Kashmir - (Caxemira); Artista: Led Zeppelin; Álbum: Physical Graffiti; Formação: Jimmy Page, Robert Plant, John Bonham, John Paul Jones;